Notícias

19/10/2011

Demanda do estado em infraestrutura é de R$ 6 bilhões

Para resolver boa parte dos gargalos de infraestrutura do estado, em rodovias, portos, aeroportos e ferrovias serão necessários recursos na ordem de R$ 6 bilhões. Sendo que deste total, R$ 1 bilhão serão destinados para os portos, R$ 3 bilhões para ferrovias, R$ 1.074 milhões para obras rodoviárias e R$ 975 milhões para aeroportos. Essa foi a conta apresentada na manhã desta segunda-feira (17/10), pelos presidentes e representantes das entidades que compõem o Fórum Permanente Futuro 10 Paraná, durante reunião na sede do Cietep, em Curitiba. Durante quase três horas, técnicos das entidades apresentaram propostas e debateram com membros da bancada parlamentar do Paraná no Congresso Nacional e com o governador, Beto Richa e os secretários da Educação, Flávio Arns, da Agricultura, Norberto Ortigara, do Planejamento, Cássio Taniguchi, da Infraestrutura, José Richa Filho e do secretário chefe de Representação do Paraná em Brasília, Alceni Guerra, as principais demandas para que o Paraná possa se desenvolver de forma sustentável. O superintendente do Sistema Ocepar, Nelson Costa e Mário Stam e João Arthur Moh, assessores da Fiep, apresentaram os estudos realizados pelo Fórum Permanente e propostas de investimentos em cada setor. Koslovski - Falando em nome de todas as entidades que integram o Fórum Permanente Futuro 10 Paraná, João Paulo Koslovski, presidente do Sistema Ocepar, convocou os deputados federais presentes e o senador Sergio Souza a unirem esforços junto à sociedade civil e ao governo do Estado, no sentido de apresentarem uma emenda coletiva para que seja garantido no orçamento de 2012 e no Plano Plurianual do governo federal, os recursos necessários para a realização de todas as obras apontadas pelos técnicos das entidades. “O Fórum está assumindo um papel de discussão permanente das demandas do Paraná e pode contribuir, como vem fazendo ao longo desses anos de existência, para que nosso estado esteja preparado para os desafios que virão pela frente. Se for necessário, colocamos à disposição da bancada paranaense em Brasília, do governo do estado e federal nossas equipes técnicas para que auxiliem na elaboração dessa emenda coletiva e caso surjam dúvidas sobre as propostas aqui apresentadas, que detalhem melhor. O que não podemos perder é essa grande oportunidade de unir esforços, aproveitar essa sinergia favorável, independente das siglas partidárias, lutar em favor do Paraná e assim promover o desenvolvimento de nosso estado e resolver nossos gargalos de infraestrutura”, frisou Koslovski. Governo – O governador Beto Richa elogiou a iniciativa do Fórum em reunir diversas entidades do setor produtivo da sociedade civil e disse que muitas das demandas apresentadas estão sendo discutidas diretamente com o governo federal e que tem se reunido com a bancada federal do Paraná no sentido de ampliar a fatia de recursos disponíveis ao Paraná dentro do orçamento da União. “No último contato que tivemos com a presidente Dilma na sua passagem por Curitiba, falamos das necessidades de melhoria da infraestrutura do Porto de Paranaguá, das nossas ferrovias, rodovias e do aeroporto. São obras necessárias e que precisam de recursos para que o Paraná não fique de fora dos investimentos previstos no orçamento e do Plano Plurianual”, afirmou. O governador ainda disse que é importante manter a unidade entre estado, deputados, senadores e entidades da sociedade civil na defesa dos interesses de nosso estado. Beto Richa aproveitou para informar que está defendendo, em conjunto com os governadores do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, que os recursos do Pré-Sal sejam divididos de forma equitativa entre todos os estados da federação. “Firmamos um pacto nesta defesa, baseados na proposta apresentada pelo deputado federal, Ibsen Pinheiro sobre o Pré-Sal”, disse. Participantes - Integram o Fórum Permanente Futuro 10 Paraná as seguintes entidades do setor empresarial paranaense: ACP - Associação Comercial do Paraná; Faciap - Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná; Faep - Federação da Agricultura do Estado do Paraná; Fecomércio - Federação do Comércio do Paraná; Fetranspar - Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado do Paraná; Fiep - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná; IEP- Instituto de Engenharia do Paraná; IPD - Instituto de Promoção do Desenvolvimento; Movimento Pró-Paraná; OAB/PR - Ordem dos Advogados do Brasil - Seção do Paraná; Sistema Ocepar - Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná; GRPCOM - Grupo Paranaense de Comunicação; Sebrae - Serviços de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná e UFPR - Universidade Federal do Paraná.

Fonte: http://www.ocepar.org.br/ocepar/servlet/ConsultaInformesEdicaoImpressao?ServletState=2&nuAnoF=2011&nuMesF=10&nuDiaF=17

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.