Notícias

30/04/2015

Ferroeste tem melhor resultado trimestral dos últimos 4 anos

A Ferroeste apresentou, este ano, o melhor primeiro trimestre de movimentação de cargas dos últimos quatro anos, segundo o presidente da empresa, João Vicente Bresolin Araujo.
Os trens da empresa, informa ele, transportaram, durante os meses de janeiro, fevereiro e março, um volume de 241,7 mil toneladas úteis. Esse número é superior em 20% ao resultado obtido no mesmo período do ano passado.
As cargas mais representativas da produção trimestral foram a soja a granel e os contêineres frigorificados.
Em relação ao destino dos produtos, a maior movimentação foi no sentido das exportações (42,8%). As importações, por sua vez, representaram 19,8% do volume transportado pela ferrovia no primeiro trimestre.
Já o fluxo interno, movimentação feita exclusivamente dentro da malha da Ferroeste, entre Cascavel e Guarapuava, representou de 37,5% do volume total transportado no período. O faturamento da empresa nos três primeiros meses de 2015 também foi recorde quando se considera os últimos cinco anos.
MARÇO
No mês de março, a Ferroeste transportou 90 mil toneladas úteis, volume 26% superior ao observado no mesmo mês de 2014. Foi o maior movimento de cargas apurado no decorrer dos últimos cinco anos em relação a março. A maior parte da movimentação, 42,4%, foi destinada ao mercado externo.
O diretor de Operações da empresa, Rodrigo César de Oliveira, destacou a compra de duas locomotivas MX-620, em 2014, e o aluguel de uma locomotiva GM G12 (motor diesel 645E), da Locofer, no início deste ano, como fatores que contribuíram para a melhoria do desempenho da companhia. Devido às novas aquisições, houve um incremento considerável na capacidade de tração e na confiabilidade da frota da Ferroeste.
AGRÁRIA
Outro dado importante nesse início de ano é o recorde de movimentação de cargas nas operações de fluxo interno da empresa, durante o mês de fevereiro. Foi o melhor resultado desse tipo de operação na história da empresa. Parte desse resultado também se deve aos investimentos da Agrária, em Guarapuava, o que fomentou o volume transportado pela cooperativa no período.
A melhoria nos índices de produção e do faturamento também são reflexos do aprimoramento dos processos operacionais, com maior eficiência e redução do ciclo de vagões, além da implementação de fluxos ferroviários alternativos pela área comercial da empresa.

BOX
HOJE É COMEMORADO
O DIA DO FERROVIÁRIO
Nesta quinta-feira, 30, comemora-se o Dia do Ferroviário. A data coincide com os 161 anos da implantação da ferrovia no Brasil, em 1854, quando foi inaugurada a primeira linha ferroviária no país, a Imperial Companhia de Navegação a Vapor e Estrada de Ferro de Petrópolis. Hoje essa ferrovia é conhecida como Estrada de Ferro Mauá. A primeira estrada de ferro brasileira foi construída pelo Barão de Mauá (Irineu Evangelista de Sousa).
Segundo a Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (Abifer), existem 100 mil ferroviários no país trabalhando na indústria e nas concessionárias do setor, como a Ferroeste. A diretoria da empresa paranaense ressalta que “a importância da estrada de ferro para a logística e o desenvolvimento da vida econômica tem sido comprovada através de décadas e nada do que foi conquistado até agora seria possível sem o empenho e contribuição dos trabalhadores ferroviários”.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.