Notícias

05/09/2016

Terminal de Cascavel: polo de atração de investimentos, criação de negócios e geração de empregos na região Oeste

O terminal da Ferroeste em Cascavel, desde 1996, início das operações, é um catalisador de desenvolvimento no Oeste do Paraná. A cada ano, a região se beneficia de novos investimentos, públicos e privados. Cooperativas, como Coopavel e Cotriguaçu, e empresas como Cargil, Bunge, Moinhos Iguaçu, Votoran, AB Agrobrasil, Binacional e Yara, além do Porto Seco, formam um polo de grandes negócios e geração de empregos.
Parte da produção agrícola do Oeste Estado, soja, milho e trigo, além de farelos, é embarcada no terminal. Além disso, a exportação de contêineres frigorificados, com destino ao Porto de Paranaguá, tem crescido exponencialmente nos últimos anos.
No sentido da importação, a ferrovia traz para o Oeste insumos agrícolas, adubo, fertilizante, cimento e combustíveis.
Com o papel de reduzir os custos logísticos, ser um parceiro do setor produtivo, e buscar o barateamento das tarifas ferroviárias, a Ferroeste recebeu investimentos significativos no atual Governo. Até hoje, foram investidos mais de R$ 8 milhões na compra de equipamentos, entre os quais locomotivas e vagões, e na modernização das operações. (Fotos de Universal Video TV)
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.