Notícias

07/10/2017

Cascavel realiza Consulta Pública sobre a expansão da Ferroeste

O presidente da Ferroeste, João Vicente Bresolin Araujo, presidiu nessa sexta-feira, em Cascavel, a segunda Consultas Públicas sobre a construção de uma nova ferrovia entre Dourados/MS e o Porto de Paranaguá-Pontal do Paraná/PR. Participaram do evento prefeitos e representantes de várias entidades e organizações de classe da região Oeste e Centro Oeste, além do presidente da Associação Comercial e Industrial de Cascavel (Acic), Edson José de Vasconcelos, e Dilvo Grolli, presidente da Coopavel, entre outros.

            Segundo o diretor de Produção da Ferroeste, Rodrigo César de Oliveira, quase 30% da produção nacional de grãos é colhida no Paraná e Mato Grosso do Sul. Por isso, a região precisa de uma nova ligação ferroviária com o Porto de Paranaguá. “É uma obrigação do Estado pensar em alternativas”, disse.

Já o diretor Administrativo Financeiro, Carlos Roberto Fabro, informou que a nova ferrovia teria cerca de mil quilômetros de extensão. O trecho será dividido em duas partes: uma subconcessão entre Dourados e Guarapuava (área de concessão federal da Ferroeste), e outra concessão estadual totalmente nova entre Guarapuava e Paranaguá. “Empresas do mundo inteiro têm demonstrado interesse no projeto”, ressaltou.

 Dilvo Grolli disse que atualmente, a região Oeste, que produz 35% dos grãos no Paraná, exporta cerca de 500 mil toneladas pelo Porto de Paranaguá. “Precisamos de uma ferrovia para 5 milhões de toneladas”, disse. O dirigente lembrou que o Mato Grosso do Sul e o Paraguai também são grandes produtores totalizando uma demanda de 15 milhões de toneladas. “Não existe solução para essa situação, a não ser uma ferrovia nova”, disse.  “Essa ferrovia será a salvação do Paraná”, concluiu.

Por seu lado, o presidente da Acic ressaltou que o problema “não é a Ferroeste, que faz jus à região”, mas insistiu na necessidade de uma nova ferrovia ligando Dourados ao litoral do Paraná: “Não vamos abrir mão deste projeto e da solução apresentada pelo Governo do Estado”.

Estiveram presentes o ex-presidente da Ferroeste Maurício Quirino Theodoro, Flávio Furlan, da Acit, Eliezer José Fontana, da Coordenação regional Oeste, Guido Bresolin, da Sicob, José Dillemburg, da Seplan, além de representantes do Sebrae, Sintropar, Sindicato Rural, prefeituras de Guaíra e Marechal Cândido Rondon, Caciopar, Cotriguaçu, Fiep, Oeste em Desenvolvimento, entre outros.   

A Ferroeste vai realizar mais duas Consultas Públicas, em Curitiba e Dourados, no Mato Grosso do Sul.

 

SERVIÇO:

CURITIBA/PR

Dia: 09 de outubro de 2017

Endereço: Auditório do DER (Departamento de Estradas de Rodagem)

                 Avenida Iguaçu, 420, 1º andar, Rebouças.

Horário: das 14h30 às 17h00.

 

DOURADOS/MS

Dia: 16 de outubro de 2017

Endereço: Auditório da ACED (Associação Comercial e Empresarial de Dourados)

               Avenida Joaquim Teixeira Alves, 1480, Centro.

Horário: 19h00 às 21h30.

 

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.