Deputado do MS pede que governo inclua Ferroeste e Norte-Sul no PAC 2

Data 10/10/2011 | Assunto: Notícias

O deputado federal Vander Loubet (PT-MS) protocolou ontem (5) requerimento na Mesa Diretora da Câmara dos Deputados solicitando o envio de uma indicação (INC-1780/2011) ao Poder Executivo para que os projetos de construção das ferrovias Ferroeste e Norte-Sul, em Mato Grosso do Sul, sejam incluídos na segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).
O deputado federal Vander Loubet (PT-MS) protocolou ontem (5) requerimento na Mesa Diretora da Câmara dos Deputados solicitando o envio de uma indicação (INC-1780/2011) ao Poder Executivo para que os projetos de construção das ferrovias Ferroeste e Norte-Sul, em Mato Grosso do Sul, sejam incluídos na segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Segundo Vander, os projetos das duas ferrovias é fundamental para a economia sul-mato-grossense, especialmente o agronegócio. "A Ferroeste e a Norte-Sul são muito importantes para nosso estado porque contemplam três importantes regiões geoeconômicas - Grande Dourados, Bolsão e Pantanal - e vão permitir a ligação dessas regiões com os portos de Santos (SP) e Paranaguá (PR), facilitando o intercâmbio comercial com outros estados, com os países do Mercosul e até mesmo com o continente asiático por meio dos portos de Resistência na Argentina e Antofagasta no Chile", afirmou o deputado. O governo federal, como grande indutor do desenvolvimento nacional, tem empenhado grandes esforços nos últimos anos para ampliar a participação do modal ferroviário na matriz de transporte brasileira. Desde 2002, foram construídos vários trechos ferroviários interligando as diversas regiões do País. Até 2010, foram investidos, por meio do PAC, R$ 3,4 bilhões em 909 km de ferrovias e outros 3,5 mil km estão em andamento pelo PAC 2. No entanto, nenhum dos projetos relacionados à Mato Grosso do Sul foi eleito como prioritário e contemplado com recursos do Programa. "Cabe a nós sul-mato-grossenses batalhar em Brasília para incluir esses projetos no PAC 2, garantindo assim um transporte mais diversificado e um salto expressivo no comércio da nossa produção. Tenho certeza que com o apoio de toda a bancada federal vamos sensibilizar a presidenta Dilma para contemplar a Ferroeste e a Norte-Sul no rol de prioridades do setor ferroviário nacional", pontua Vander.



Está notícia foi publicada no Ferroeste
http://www.ferroeste.pr.gov.br

Endereço desta notícia:
http://www.ferroeste.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=492